Qual a diferença entre impressão digital e impressão offset?

As grandes evoluções tecnológicas possibilitaram o contínuo e persistente avanço da impressão digital e, por esse motivo, que o mercado conta com novos tipos de materiais, prazos e quantidades destinadas ao uso institucional, do marketing e comercial.

A impressão offset acompanhou a tendência trazida pela tecnologia e hoje, é possível imprimir poucas cópias em pouco tempo. Apesar de tantas oportunidades e vantagens, uma dúvida ainda é recorrente: qual a diferença entre impressão digital e impressão offset?

Tem muita gente por aí que diz que impressão é impressão e ponto final, porém queremos deixar claro nesse artigo as diferenças entre esses dois tipos de impressão, pois só assim sua escolha será assertiva.

OFFSET

A segunda metade do século XX é marcada pelo surgimento do sistema de impressão offset. A característica principal dessa modalidade é o processo indireto, pois ela faz uso de matrizes a partir de chapas de alumínio que funciona como o meio que grava e transfere a imagem direto para o substrato.

A imagem é formada a partir da adição de cada uma das cores CMYK que vão ganhando sua pigmentação. Esse método disponibiliza uma impressão de qualidade e pode ser impressão em substratos e gramaturas de papeis e plásticos (poliestireno).

DIGITAL

No sistema digital, por sua vez, a impressão não tem todas essas etapas que a impressão offset tem, porque as cores são impressas de uma vez só, ou seja, entre a tinta e o substrato não há intermediários.

Com isso, o custo de acerto da máquina é mais baixo e a impressão é feita de uma unidade por vez e os dados são variáveis. Provas, dados personalizados e pequenas tiragens utilizam a impressão digital.

Qual é o melhor tipo de impressão para o meu projeto?

Podemos afirmar que tanto a impressão offset quanto a impressão digital são úteis, porém cada uma delas oferece benefícios exclusivos a cada um dos projetos. Quem precisa imprimir em grande escala, ou seja, centenas ou milhares de cópias em cor pantone, destinados a impressos promocionais, o melhor é a impressão offset.

A impressão offset ainda possibilita que sejam impressos trabalhos personalizados e tintas especiais, como fluorescentes e metálicas.

No entanto, se você precisa de uma impressão de uma hora para outra e a quantidade não é grande ou os dados são variáveis, a melhor opção é recorrer a impressão digital.

É importante esclarecer ainda que quando falamos na parte estética da impressão, a diferença está na forma como a tinta é aplicada no papel. No caso da impressão offset, a tinta penetra no substrato e na digital, a tinta vai direto para o papel. Essa diferença evidencia uma maior saturação da cor nas impressões digitais.

Essa diferença ocorre devido a composição da tinta, porque a offset faz uso de uma tinta pastosa e na digital, é o toner que se funde diretamente com o papel e em alguns casos, é possível usar ainda o silicone para que a impressão ganhe um brilho a mais. Entendeu a diferença entre a impressão digital e a impressão offset? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *